Filmes por gênero

ROUXINOL DA BROADWAY (1951)

Lullaby of Broadway
imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Ritmos da Broadway (Portugal)
La ninna nanna di Broadway (Itália)
Nana de Broadway (Espanha)
Das wiegenlied vom Broadway (Alemanha)
Broadwayn kehtolaulu (Finlândia)
Broadway danser (Dinamarca)
Kolysanka z Broadwayu (Polônia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Comédia Musical
Direção: David Butler
Roteiro: Earl Baldwin
Produção: William Jacobs
Música Original: Ray Heindorf
Direção Musical: Ray Heindorf
Coreografia: Eddie Prinz, LeRoy Prinz, Al White
Fotografia: Wilfred Cline
Edição: Irene Morra
Direção de Arte: Douglas Bacon
Figurino: Milo Anderson
Maquiagem: Gordon Bau
Efeitos Sonoros: Stanley Jones
Nota: 8.1
Filme Assistido em: 1953

Elenco

Doris Day Melinda Howard
Gene Nelson Tom Farnham
S. Z. Sakall Sr. Adolph Hubbell
Billy De Wolfe Lefty Mack
Gladys George Jessica Howard
Florence Bates Sra. Anna Hubbell
Anne Triola Gloria Davis
Hanley Stafford George Ferndel
Brooks Benedict Repórter
Elizabeth Flournoy Secretária
Sheldon Jett Gus
Edith Leslie Enfermeira
Jimmy Lloyd Repórter
Charles Marsh Repórter
John Milton Kennedy Radialista
Bess Flowers Mulher no baile à bordo
Donald Kerr Motorista
Edith Leslie Enfermeira
Page Cavanaugh Trio O próprio
Herschel Daugherty Sidney
Carl Harbaugh Porteiro

Prêmios

Prêmios Photoplay, Estados Unidos

Prêmio de Atriz Mais Popular (Doris Day)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

À bordo de um navio que viaja da Inglaterra, onde ela mora, para Nova York, a artista Melinda Howard faz uma apresentação para uma platéia onde se encontra o astro da Broadway, Tom Farnham.  Mantendo sua profissão em segredo, Tom se aproxima da atraente jovem, que lhe revela estar indo à América para fazer uma visita de surpresa à sua mãe, a cantora da Broadway, Jessica Howard.

Uma vez em Nova York, Melinda chega à mansão que julga pertencer à sua mãe.  Sem que ela soubesse, o alcoolismo levara Jessica a se transformar numa simples cantora de Bar em Greenwich Village, e a mansão na realidade pertence a um industrial do ramo da cerveja, Adolph Hubbell e sua mulher.

Lefty Mack, mordomo dos Hubbells, e sua noiva Gloria Davis, a empregada, fazem parte de um teatro de variedades, são grandes amigos de Jessica e responsáveis por encaminharem sua cartas para Melinda.  Mack finge que a mansão foi alugada por Jessica aos Hubbells enquanto ela estivesse fora numa turnê.  A seguir, ele procura Jessica, informa-lhe da chegada de Melinda e lhe sugere que apareça na mansão na noite seguinte, quando os Hubbells estarão dando uma festa para um grande número de artistas da Broadway.  Quando o Sr. Adolph descobre a presença de Melinda, Mack explica-lhe a situação e ele concorda em guardar o segredo de Jessica.

Durante a festa, a jovem aguarda a chegada da mãe.  Entre os convidados trazidos pelo produtor da Broadway, George Ferndel, encontra-se Tom Farnham, que anima os presentes com seu canto e sua dança.  Em seguida, ao se reencontrarem, Tom e Melinda dançam.  Jessica não aparece por ter sido hospitalizada com 'delirium tremens'.  À jovem, Mack diz que a mãe não pôde vir por conta do sucesso de seu show.

A fim de animar Melinda, Mack sugere que o Sr. Adolph a convide para jantar e a apresente a Ferndel como uma estrela que pode ser bem aproveitada em seu novo show.  O produtor fica impressionado com a nova e atraente protegida de Adolph, resolvendo contratá-la.

Melinda e Tom iniciam os ensaios para um número que farão juntos no novo show, "Lullaby of Broadway", e ao final beijam-se apaixonadamente.  Mack e Gloria também conseguem ser aproveitados por Ferndel.  Quando o Sr. Adolph presenteia a jovem com um casaco de couro, provoca um mal-estar ao despertar ciúmes em sua mulher e em Tom.  A inocente Melinda, contrariada com as insinuações, insiste para que o casaco seja devolvido.

Ao receber alta do hospital, Jessica receia a reação da filha e se nega a encontrá-la.  Pouco antes da estréia do novo show, um repórter reconhece uma fotografia de Jessica e conta à Melinda toda a verdade sobre sua mãe.  Completamente arrasada, a jovem decide voltar para a Inglaterra e, para tanto, pede a Mack que compre sua passagem.

No dia do embarque, Gloria e Mack encontram Melinda no navio e a levam até uma sala onde Jessica a aguarda.  Mãe e filha abraçam-se e choram juntas.  Em seguida, todos saem para o teatro.  A noite de estréia é um grande sucesso e, ao final, Tom e Melinda retomam seu romance

imagem

Comentários

"Rouxinol da Broadway" é mais uma deliciosa  comédia musical com Doris Day, embora não se encontre entre as melhores do gênero.  Realizada pelo cineasta David Butler, apresenta um grande número de belas canções e de danças, iniciando com "Just One of Those Things", de Cole Porter, e culminando com o espetacular "Lullaby of Broadway", de Harry Warren Dubin.

Além do ótimo trabalho apresentado por Butler, o filme nos brinda com a bela fotografia em tecnicólor de Wilfred Cline, bem como, com um bem elaborado trabalho de figurino, coreografia, direção musical e edição.

Doris Day brilha na tela em quase todas as seqüências das quais participa.  Seu partner, Gene Nelson, embora se mostre um excelente bailarino, falha como comediante, fazendo com que ocorra uma total falta de química romântica entre seu personagem e o de Doris Day.  No elenco de apoio, merecem ser destacadas as atuações de Billy De Wolfe, S. Z. Sakall e, principalmente, de Gladys George.

CAA