Filmes por gênero

SÁBADO (1995)

imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Saturday (USA)
Pais: Brasil
Gênero: Comédia
Direção: Ugo Giorgetti
Roteiro: Ugo Giorgetti
Produção: Marçal de Souza, Elifas Sueiro
Música Original: Mauro Giorgetti
Fotografia: Rodolfo Sanchez
Edição: Marc de Rossi
Direção de Arte: Maria Isabel Giorgetti
Figurino: Sandra Fukelman
Maquiagem: Jean Canova
Efeitos Sonoros: Miguel Ângelo, Miriam Biderman
Nota: 7.6
Filme Assistido em: 1996

Elenco

Maria Padilha Magda, a Diretora de Arte
Otávio Augusto Funcionário do IML
Tom Zé Funcionário do IML
Giulia Gam Diretora de elenco do Comercial
André Abujamra Convidado do Churrasco
Jô Soares Homem na Casa de Máquinas
Mariana Lima Produtora de Arte
Wellington Assistente de Arte
Renato Consorte Morador do prédio
Gianni Ratto Homem morto
Décio Pignatari O homem de Alcatraz
Wandi Doratiotto Porteiro
Cláudio Mamberti Voz
Massayuki Yamamoto Prostituta
Sérgio Viotti Narrador
Carina Cooper .
Dadá Cyrino .
Márcia Manfredini .
Marcelo Mansfield .
Rubens Rivelino .
Luiz Amorim .
Graça Berman .

Prêmios

Associação Paulista de Críticos de Arte

Prêmio de Melhor Direção (Ugo Giorgetti)

Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante (Otávio Augusto)

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Localizado no centro de São Paulo, o Edifício das Américas é uma construção dos anos 30 que hoje está abandonada e ocupada por tudo quanto é tipo de gente.  Uma equipe de cinema publicitário prepara-se para gravar um comercial sofisticado no 'hall' do prédio que, em outra épocas, abrigava a fina flor da família paulistana.

O local é isolado para realização das filmagens.  Magda, a Diretora de Arte, fica presa num dos elevadores, juntamente com um gorducho, dois funcionários do IML e o cadáver que estes vieram apanhar.

Enquanto os moradores do prédio e a equipe de filmagem esperam por alguma providência, vários incidentes acontecem, tais como o roubo de um tênis, um culto interrompido, gerando muita confusão, um verdadeiro caos.

imagem

Comentários

"Sábado" é uma razoável comédia nacional.  Realizado pelo diretor Ugo Giorgetti, que também assina o roteiro, o filme mostra um olhar crítico e bem humorado sobre uma série de tipos esquisitos, mas não se aprofunda na intimidade de cada personagem.

Os diálogos são interessantes e o elenco está razoavelmente bem.

CAA