Filmes por gênero

SABOTADOR (1942)

Saboteur
imagem imagem imagem

Ficha Técnica

Outros Títulos: Sabotagem (Portugal)
Cinquième colonne (França)
Ceux de la 5e colonne (Bélgica)
Sabotatori (Itália)
Sabotaje (Espanha, México)
Saboteure (Alemanha)
Saboteador (Argentina)
Sabotör (Suécia)
Pais: Estados Unidos
Gênero: Suspense
Direção: Alfred Hitchcock
Roteiro: Peter Viertel, Dorothy Parker, Joan Harrison
Produção: Frank Lloyd
Música Original: Frank Skinner
Direção Musical: Charles Previn
Fotografia: Joseph A. Valentine
Edição: Otto Ludwig
Direção de Arte: Jack Otterson
Guarda-Roupa: Eugene Joseff
Efeitos Sonoros: Bernard B. Brown, William Hedgcock
Efeitos Especiais: John P. Fulton
Nota: 8.2
Filme Assistido em: 1956

Elenco

Priscilla Lane Patricia 'Pat' Martin
Robert Cummings Barry Kane
Otto Kruger Charles Tobin
Alan Baxter Sr. Freeman
Clem Bevans Neilson
Norman Lloyd Frank Fry
Alma Kruger Henrietta Sutton
Vaughan Glaser Sr. Miller
Dorothy Peterson Sra. Mason
Ian Wolfe Robert, o mordomo
Hardie Albright Detetive
Oliver Blake Xerife
Don Cadell Agente do FBI
Dick Midgley Agente do FBI
Robert Mitchum Transeunte
Pedro de Cordoba Bones
Pat Flaherty George, ascensorista
Kathryn Adams Sra. Brown
Margaret Moffatt Sra. Moore, vizinha
Virgil Summers Kenneth 'Ken' Mason
Anita Sharp-Bolster Lorelei
Paul E. Burns Fazendeiro
Marjorie Wood Mulher do fazendeiro
Alfred Hitchcock Homem defronte a uma drogaria em Nova York

Videoclipes

70 anos de cinema

Sinopse

Durante a 2ª Guerra Mundial, Barry Kane trabalha como operário de uma fábrica de aviões em Los Angeles, quando ocorre um ato de sabotagem seguido de incêndio.  Em companhia de seu amigo Ken Mason, ele corre em direção ao fogo quando um tal de Frank Fry lhe entrega um extintor.  No afã de combater o incêndio, Ken lhe pede o extintor e, ao acioná-lo, é totalmente envolto por chamas, morrendo a seguir.

Ao sair da fábrica, Barry procura a Sra. Mason, mãe de Ken para confortá-la.  Lá, toma conhecimento que a polícia o procura, como assassino, por ter dado a Ken um extintor que continha gasolina em seu interior.  Surpreso e preocupado, ele parte à procura do tal Fry por acreditar ser ele o responsável por tal ato criminoso.

Através de uma informação, Barry chega ao rancho "Deep Springs".  Recebido pelo proprietário, Sr. Charles Tobin, este lhe diz que nunca ouviu falar em Fry.  Entretanto, ao se retirar para usar o telefone, deixa cair alguns envelopes, todos endereçados a Frank Fry.  Barry encontra ainda um telegrama de Frank para o Sr. Tobin, avisando-o que, após realizar o 'serviço' em Los Angeles, está indo procurar Neilson em Soda City.  Pouco depois, a polícia chega e o prende.

No caminho de volta para Los Angeles, Barry se aproveita de um descuido dos policiais, salta do carro e, em seguida, num rio, onde nada até o local de uma pequena cabana, onde mora um pianista cego, Sr. Philip Martin.  Este o recebe muito bem e, quando sua sobrinha, Pat, uma modelo, chega de Nova York para passar alguns dias com o tio, ele lhe pede que leve Barry até um ferreiro amigo, a fim de que sejam retiradas as algemas colocadas no jovem.  Contrariando as ordens do tio, ela tenta ir direto a um Posto Policial, mas Barry descobre suas intenções e a impede.  Embora continue com as algemas, ele consegue ficar com os movimentos dos braços livres, ao romper um de seus elos utilizando-se de uma corrente dentada do veículo.  Este entra em pane e Pat, sem alternativa, vê-se obrigada a seguir de carona com Barry até Soda City, em Utah.

Soda City, na realidade, é um acampamento abandonado, onde Neilson mantém suas atividades criminosas, atendendo às ordens que recebe do Sr. Tobin.  Enquanto Pat se esconde, Barry entra em contato com Neilson, que está acompanhando o Sr. Freeman, de Nova York.  Aos dois, Barry diz que veio até eles por ordem do Sr. Tobin.  Depois de ver a fotografia de Barry nos jornais, como um sabotador procurado pela polícia, o Sr. Freeman acredita em sua história e o convida para acompanhá-lo até os escritórios de Nova York.

Enquanto isso, Pat consegue chegar ao escritório de um xerife, a quem conta o que está ocorrendo.  Este, entretanto, amigo do Sr. Tobin, entrega a jovem à organização nazista.  Assim, quando Barry chega aos escritórios de Nova York, levado pelo Sr. Freeman, encontra não só o Sr. Tobin, como também, Pat.  Somente aí é que a jovem percebe que Barry não é sabotador nem pertence à organização criminosa comandada pelo Sr. Tobin.  Os dois são presos em locais diferentes.

Na saleta onde é deixado, Barry quebra um detector de fumaças, acionando o alarme do sistema de combate a incêndios do edifício.  Na confusão que se forma, ele consegue fugir.  Na rua, ao ler a manchete de um jornal, tem a intuição de que o próximo ato de sabotagem está para acontecer em menos de uma hora, quando do lançamento de um novo navio.  Assim, correndo contra o tempo, Barry vai até o estaleiro, onde encontra Fry pronto para detonar os explosivos.  Os dois entram em luta corporal e a explosão só ocorre depois que o navio passa pelo ponto crítico.  Fry domina Barry com um revólver e o leva para os Escritórios da Organização.  Ao chegarem lá, encontram a polícia, que havia recebido um pedido de socorro de Pat.

Fry consegue fugir.  Como Barry precisa ser ouvido pelo FBI, ele pede que Pat siga o criminoso.  Assim, ela vai até o topo da Estátua da Liberdade.  Antes de subir, entretanto, telefona para o FBI.  Pouco tempo depois, Barry e agentes do FBI chegam ao local, onde se dá o último e perigoso confronto com o nazista.

imagem imagem imagem

Comentários

"Sabotador" é um ótimo filme de suspense.  Realizado pelo mestre Alfred Hitchcock, trata de mais uma trama em torno de um homem injustamente acusado, de ter praticado um ato de sabotagem, e de sua luta para provar sua inocência.

Embora não se ache entre os melhores filmes de Alfred Hitchcock, suas reviravoltas e situações de suspense, fazem com que o espectador fique atento até sua última cena.  Rodado durante a 2ª Guerra Mundial, sua trama apresenta alguns elementos de propaganda e patriotismo.

O roteiro se mostra com alguns furos, embora os mesmos não cheguem a prejudicar o bom entendimento da história graças, em parte, ao ritmo adequado que Hitchcock consegue imprimir à narrativa.

No elenco, o maior destaque é Otto Kruger, com uma atuação impecável no papel do nazista Tobin.  Seguem-se os trabalhos apresentados por Alan Baxter, Vaughan Glaser e Robert Cummings.

CAA