Filmes por gênero

ELIZABETH TAYLOR

bio bio bio bio

Informações

Nome Batismo: Elizabeth Rosemond Taylor
Nascimento: 27 Fev 1932
Local Nascimento: Hampstead, Londres, UK
Falecimento: 23 Mar 2011
Local Falecimento: Los Angeles, California, USA
Altura: 1.63 m

Minibiografia

Elizabeth Taylor nasceu em Londres no período em que seus pais, americanos, eram responsáveis por uma Galeria de Arte naquela cidade.  Em 1939, pouco antes do início da 2ª Guerra Mundial, seus pais retornaram aos EUA onde se estabeleceram em Los Angeles.

Sua beleza logo chamou a atenção dos caçadores de talento.  Ao se submeter a um teste nos Estúdios da Universal Pictures, os executivos da Empresa ficaram impressionados com ela e a contrataram, de modo que, com apenas 10 anos de idade, estreou no cinema com o filme "There's One Born Every Minute".

No ano seguinte, 1943, contratada da MGM, Liz iniciou sua escalada para o sucesso com o filme "A Força do Coração".  Embora com uma longa filmografia, seu período áureo estendeu-se de 1951 a 1968, tendo sido a primeira atriz a ganhar US$ 1 milhão pela atuação num filme.  Tal fato ocorreu quando da realização de "Cleópatra", em 1963.  Durante esse período, foi agraciada com 2 Oscars de Melhor Atriz por suas atuações em "Disque Butterfield 8", de 1960, e "Quem Tem Medo de Virginia Woolf ?", de 1966, sendo ainda indicada ao mesmo prêmio da Academia por seus trabalhos em "A Árvore da Vida", de 1957, "Gata em Teto de Zinco Quente", de 1958 e "De Repente No Último Verão", de 1959.

Conhecida internacionalmente por sua beleza, especialmente por seus olhos violetas, foi desejada por muitos homens, tendo sido casada com Conrad Hilton Jr., herdeiro de uma famosa cadeia de hotéis (06/05/1950 à 01/02/1951), Michael Wilding, ator (21/02/1952 à 30/01/1957), Michael Todd, produtor (02/02/1957 à 22/03/1958), Eddie Fisher, ator (12/05/1959 à 06/03/1964), Richard Burton, ator (15/03/1964 à 26/06/1974 e 10/10/1975 à 01/08/1976), John Warner, senador (04/12/1976 à 07/11/1982) e Larry Fortensky, construtor (06/10/1991 à 31/10/1996), de quem se encontra divorciada.

Na década de 70, tornou-se viciada em drogas, fazendo filmes ocasionalmente.  Ao terminar seu casamento com o senador Warner, internou-se na Betty Ford Clinic, em mais uma tentativa de se curar de seus vícios.  Foi durante esse período de recuperação, que conheceu Larry Fortensky, com quem se casaria mais tarde.

Em 1985, com a morte de seu grande amigo, o ator homossexual Rock Hudson, Elizabeth Taylor iniciou uma cruzada em favor dos portadores de Aids.



Filmografia Atriz (Filmes que assisti)

A ÁRVORE DA VIDA (1957) Raintree County
A CORAGEM DE LASSIE (1946) Courage of Lassie
ADEUS ÀS ILUSÕES (1965) The sandpiper
A FORÇA DO CORAÇÃO (1943) Lassie come home
A JOVEM QUE TINHA TUDO (1953) The girl who had everything
A MEGERA DOMADA (1967) La bisbetica domata
AS DELÍCIAS DA VIDA (1947) Cynthia
ASSIM CAMINHA A HUMANIDADE (1956) Giant
A ÚLTIMA VEZ QUE VI PARIS (1954) The last time I saw Paris
CERIMÔNIA SECRETA (1968) Secret cerimony
CLEÓPATRA (1963) Cleopatra
DE REPENTE, NO ÚLTIMO VERÃO (1959) Suddenly, last summer
DISQUE BUTTERFIELD 8 (1960) Butterfield 8
ERA UMA VEZ EM HOLLYWOOD (1974) That's entertainment!
EVOCAÇÃO (1944) The White Cliffs of Dover
GATA EM TETO DE ZINCO QUENTE (1958) Cat on a hot tin roof
GENTE MUITO IMPORTANTE (1963) The V.I.P.s
IVANHOÉ, O VINGADOR DO REI (1952) Ivanhoe
JANE EYRE (1943) Jane Eyre
NO CAMINHO DOS ELEFANTES (1954) Elephant Walk
NOSSA VIDA COM PAPAI (1947) Life With Father
O BELO BRUMMELL (1954) Beau Brummell
O PAPAI DA NOIVA (1950) Father of the bride
O PECADO DE TODOS NÓS (1967) Reflections in a golden eye
QUATRO DESTINOS (1949) Little Women
QUEM TEM MEDO DE VIRGÍNIA WOOLF ? (1966) Who's afraid of Virginia Woolf ?
QUO VADIS (1951) Quo Vadis
RAPSÓDIA (1954) Rhapsody
UM LUGAR AO SOL (1951) A place in the sun
X, Y e Z (1972) Zee and Company

Premiações (Filmes que assisti)

A MEGERA DOMADA (1967) Prêmios David di Donatello, Itália David de Melhor Atriz Estrangeira
DE REPENTE, NO ÚLTIMO VERÃO (1959) Prêmios Globo de Ouro, EUA Prêmio de Melhor Atriz em um Drama
DE REPENTE, NO ÚLTIMO VERÃO (1959) Prêmios David di Donatello, Itália Prêmio Golden Plate por sua brilhante atuação
DE REPENTE, NO ÚLTIMO VERÃO (1959) Prêmios Laurel, USA Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Atriz em um Drama
DISQUE BUTTERFIELD 8 (1960) Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA Oscar de Melhor Atriz
X, Y e Z (1972) Prêmios David di Donatello, Itália David de Melhor Atriz Estrangeira
QUEM TEM MEDO DE VIRGÍNIA WOOLF ? (1966) Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA Oscar de Melhor Atriz
QUEM TEM MEDO DE VIRGÍNIA WOOLF ? (1966) Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra Prêmio de Melhor Atriz Britânica
QUEM TEM MEDO DE VIRGÍNIA WOOLF ? (1966) Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA Prêmio de Melhor Atriz
QUEM TEM MEDO DE VIRGÍNIA WOOLF ? (1966) Prêmios Bambi, Alemanha Prêmio Bambi de Melhor Atriz Internacional
QUEM TEM MEDO DE VIRGÍNIA WOOLF ? (1966) Círculo dos Críticos de Cinema de Kansas City, USA Prêmio de Melhor Atriz
GATA EM TETO DE ZINCO QUENTE (1958) Prêmios Laurel, USA Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Atriz em um Drama
A ÁRVORE DA VIDA (1957) Prêmios Laurel, USA Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Atriz em um Drama

Indicações (Filmes que assisti)

A MEGERA DOMADA (1967) Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra Prêmio de Melhor Atriz Britânica
DE REPENTE, NO ÚLTIMO VERÃO (1959) Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA Oscar de Melhor Atriz
DE REPENTE, NO ÚLTIMO VERÃO (1959) Prêmios Bambi, Alemanha Prêmio Bambi de Melhor Atriz Internacional
DISQUE BUTTERFIELD 8 (1960) Prêmios Globo de Ouro, EUA Prêmio de Melhor Atriz em um Drama
DISQUE BUTTERFIELD 8 (1960) Prêmios Bambi, Alemanha Prêmio Bambi de Melhor Atriz Internacional
DISQUE BUTTERFIELD 8 (1960) Prêmios Laurel, USA Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Atriz em um Drama
QUEM TEM MEDO DE VIRGÍNIA WOOLF ? (1966) Prêmios Globo de Ouro, EUA Prêmio de Melhor Atriz em um Drama
GATA EM TETO DE ZINCO QUENTE (1958) Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA Oscar de Melhor Atriz
GATA EM TETO DE ZINCO QUENTE (1958) Academia Britânica de Cinema e Televisão, Inglaterra Prêmio de Melhor Atriz
ADEUS ÀS ILUSÕES (1965) Prêmios Laurel, USA Prêmio Laurel de Ouro de Melhor Atriz em um Drama
A ÁRVORE DA VIDA (1957) Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA Oscar de Melhor Atriz