Filmes por gênero

JAMES CAGNEY

bio bio bio bio

Informações

Nome Batismo: James Francis Cagney
Nascimento: 17 Jul 1899
Local Nascimento: New York, New York, USA
Falecimento: 30 Mar 1986
Local Falecimento: Stanfordville, New York, USA
Causa Falecimento: Ataque cardíaco, diabetes
Altura: 1.70 m

Minibiografia

James Cagney nasceu no bairro pobre de Yorkville, em Manhattan, e trabalhou como office-boy, garçom e empacotador em uma loja de departamentos para custear seus estudos na Universidade de Columbia, que acabou abandonando em 1918 para se dedicar ao teatro.

Durante a década de 20, atuou em várias companhias de revistas musicais, especialmente na Broadway e em New Orleans como dançarino, sapateador e ator.  Foi na Broadway que conheceu Frances Willard Vernon, com quem se casou em 1922 e viveu até sua morte.  O casal adotou dois filhos, Cathleen e James Cagney Jr.

Descoberto pela Warner Bros. em "Penny Arcade", uma peça da Broadway em que ele atuava ao lado da atriz Joan Blondell, estreou nas telas em 1930 no filme "Sinner's Holiday", versão cinematográfica rebatizada da referida peça.

Em 1942, Cagney fundou sua própria companhia produtora com seu irmão William e, em 1957, estreou como diretor em "Short Cut To Hell".  A experiência foi um fracasso e ele nunca mais voltaria a dirigir outro filme.

Em 1961, após atuar na comédia de Billy Wilder, "Cupido Não Tem Bandeira", Cagney afastou-se basicamente do cinema, pois só voltaria à telona 20 anos depois, no filme de Milos Forman "Na Época do Ragtime".  Para a televisão, ele ainda faria "O Terrível Joe Moran", em 1984, encerrando definitivamente sua carreira.

Tendo atuado em quase 70 filmes, James Cagney foi agraciado com o Oscar por seu trabalho em "A Canção da Vitória", de Michael Curtiz, em 1942, além de ter recebido outras duas indicações à estatueta por suas atuações em "Anjos de Cara Suja", também de Michael Curtiz, em 1938, e "Ama-me ou Esquece-me", de Charles Vidor, em 1955.

Embora não fumasse e raramente bebesse, Cagney transformou-se no maior "durão" do cinema norte-americano, especializando-se em papéis de gângsteres.  Foi presidente do Sindicato dos Atores, entre 1942 e 1944, tendo sido também um de seus fundadores.



Filmografia Ator (Filmes que assisti)

13 RUA MADELEINE (1947) 13 Rue Madeleine
A CANÇÃO DA VITÓRIA (1942) Yankee Doodle Dandy
A LEI DO MAIS FORTE (1939) The Oklahoma kid
AMA-ME OU ESQUECE-ME (1955) Love me or leave me
ANJOS DE CARA SUJA (1938) Angels with dirty faces
CONQUISTANDO WEST POINT (1950) The West Point story
CUPIDO NÃO TEM BANDEIRA (1961) One, two, three
DOIS CONTRA UMA CIDADE INTEIRA (1940) City for conquest
FÚRIA SANGUINÁRIA (1949) White heat
HERÓIS ESQUECIDOS (1939) The roaring twenties
MISTER ROBERTS (1955) Mister Roberts
O GRANDE MOTIM (1935) Mutiny on the Bounty
O HOMEM DAS MIL CARAS (1957) Man of a thousand faces
PASSADO PERDIDO (1956) These wilder years
SANGUE SOBRE O SOL (1945) Blood on the sun

Premiações (Filmes que assisti)

A CANÇÃO DA VITÓRIA (1942) Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA Oscar de Melhor Ator
A CANÇÃO DA VITÓRIA (1942) Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA Prêmio de Melhor Ator
A CANÇÃO DA VITÓRIA (1942) National Board of Review, USA Prêmio NBR de Melhor Ator
ANJOS DE CARA SUJA (1938) Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA Prêmio de Melhor Ator

Indicações (Filmes que assisti)

ANJOS DE CARA SUJA (1938) Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA Oscar de Melhor Ator
AMA-ME OU ESQUECE-ME (1955) Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA Oscar de Melhor Ator
CUPIDO NÃO TEM BANDEIRA (1961) Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA Prêmio de Melhor Ator