Filmes por gênero

JOAN FONTAINE

bio bio bio bio

Informações

Nome Batismo: Joan de Beauvoir de Havilland
Nascimento: 22 Out 1917
Local Nascimento: Tóquio, Japão
Falecimento: 15 Dez 2013
Local Falecimento: Carmel, California
Causa Falecimento: Causas naturais, enquanto dormia
Altura: 1.60 m

Minibiografia

Filha mais nova de Walter de Havilland, um advogado de patentes, e de Lilian Fontaine, uma atriz, Joan Fontaine é irmã da também famosa atriz Olivia de Havilland.  Em 1919, devido a problemas de saúde das crianças, Lilian mudou-se com as filhas para Saratoga, na California, enquanto o Sr. De Havilland permaneceu na capital japonesa.  O casal se divorciaria em 1925.

Joan estudou na "Oak Street Elementary School" e, durante parte do curso secundário, na "Los Gatos High School".  Em 1932, retornou ao Japão para morar com o pai, freqüentando a "The American School".  Ao voltar para os Estados Unidos em setembro de 1934, foi apresentada à atriz May Robson, iniciando a seguir sua carreira com a peça "Kind Lady" e, logo depois, com sua participação em "Call it a Day".  Foi durante uma das apresentações dessa peça no "Duffy Theatre", em Hollywood, que ela foi vista pelo produtor Jesse Lasky, resultando num contrato de longo prazo.  Sua estréia no cinema deu-se em 1935, com uma pequena participação no filme "No More Ladies".

Depois de aparecer em mais de 10 filmes, Joan conheceu David O. Selznick durante um jantar na casa de Charles Chaplin.  O produtor a convidou a participar do teste para escolha da atriz principal de seu novo filme, o consagrado "Rebecca, a Mulher Inesquecível", baseado num romance de Daphne du Maurier.  Concorrendo com diversas atrizes do porte de Vivien Leigh, Loretta Young, Anne Baxter, sua irmã Olivia, entre outras, Joan saiu vencedora.  O filme foi um sucesso absoluto, recebendo nada menos que 11 indicações ao Oscar, uma das quais a de Melhor Atriz, pelo brilhante trabalho apresentado por Joan.  No filme que se seguiu, "Suspeita", ela voltou a apresentar uma performance excepcional, sendo agraciada com o Oscar de Melhor Atriz.  Em sua bem-sucedida carreira, Joan Fontaine voltaria a ser indicada ao Oscar por sua atuação em "De Amor Também Se Morre", de 1943.

Em meados dos anos 50, com a falta de bons papéis, ela se voltou para a televisão, participando de inúmeros episódios de séries de sucesso.  Em 1954, atuou na Broadway, ao lado de Anthony Perkins, na peça "Chá e Simpatia".  Nos anos 60, continuou a fazer sucesso na Broadway com diversas peças, entre as quais "Disque M para Matar" e "Flor de Cacto".  Nessa mesma década, começou a investir em frutas cítricas, fazendas de gado, petróleo e imóveis.  Ela se tornou presidente da Oakhurst Enterprises, uma Corporação da California formada para gerir suas diversas empresas.  Sua última aparição nas telas ocorreu em 1994, no filme para a TV, "Good King Wenceslas".

Joan Fontaine casou-se com Brian Aherne (agosto de 1939 a junho de 1945), William Dozier (maio de 1946 a janeiro de 1951), Collier Young (novembro de 1952 a janeiro de 1961) e Alfred Wright Jr. (janeiro de 1964 a 1969).  De sua união com William Dozier, nasceu a filha Debbie.

Em 2009, aos 92 anos de idade, passou a residir em Carmel Highlands, na California.



Filmografia Atriz (Filmes que assisti)

ALMA SEM PUDOR (1950) Born to be bad
A MULHER QUE NÃO PECOU (1951) Darling, How Could You!
AS MULHERES (1939) The women
A VALSA DO IMPERADOR (1948) The Emperor waltz
CARTA DE UMA DESCONHECIDA (1948) Letter from an unknown woman
FAMINTAS DE AMOR (1957) Until they sail
GUNGA DIN (1939) Gunga Din
ILHA NOS TRÓPICOS (1957) Island in the sun
ISTO ACIMA DE TUDO (1942) This above all
IVANHOÉ, O VINGADOR DO REI (1952) Ivanhoe
JANE EYRE (1943) Jane Eyre
OTHELLO (1952) The tragedy of Othello: The moor of Venice
PARAISO PROIBIDO (1950) September affair
REBECCA, A MULHER INESQUECÍVEL (1940) Rebecca
SERENATA (1956) Serenade
SUAVE É A NOITE (1962) Tender is the night
SUPLÍCIO DE UMA ALMA (1956) Beyond a reasonable doubt
SUSPEITA (1941) Suspicion
UM CERTO SORRISO (1958) A certain smile

Premiações (Filmes que assisti)

SUSPEITA (1941) Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA Oscar de Melhor Atriz
SUSPEITA (1941) Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA Prêmio de Melhor Atriz

Indicações (Filmes que assisti)

REBECCA, A MULHER INESQUECÍVEL (1940) Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood, EUA Oscar de Melhor Atriz
REBECCA, A MULHER INESQUECÍVEL (1940) Círculo dos Críticos de Cinema de Nova York, EUA Prêmio de Melhor Atriz